Tuesday, February 28, 2006

Pé Sujus -- Itaim paulista (Extremo leste da cidade de São paulo)




Banda formada em Abril/2004, No bairro do Itaim Paulista, Subúrbio da zona
leste de São Paulo.
Passou por várias formações, até chegar à atual.
Atualmente, o som da Pé Sujus é um Punk rock com várias influências do PUNK
77, mas sem perder seu objetivo: Protestar,Tomar Cerveja,Zoar, Protestar de
novo e passar a realidade do subúrbio e os problemas do brasil em suas
letras. E Protestar mais um pouquinho...




1- O speed zine faz um ano em Fevereiro ,como
vê este tipo de midia ganhando
cada vez mais espaço?
r : É sempre bom a mídia alternativa expandir seus horizontes, andando lado
a lado com o underground musical, pois só se consegue espaço e
reconhecimento após muito esforço e dedicação, acho que isso é fundamental
para a existência de um zine e de uma banda.E recomendo a vocês não deixar a
peteca cair, pois em quase dois anos o pé sujus já passou por cerca de 10
formações, sempre com dificuldades em manter um baterista,coisa que não é
como guitarrista, que há um em cada esquina.Longa vida ao Speed Zine!


2- Qual é a formação atual?
r : Até Abril nossa formação é:
Fernando Feio - vocal
César "putão" - Guitarra
Alcides "sid"- Baixo
André "chuck" - bateria

Estamos ensaiando com um novo baterista, pois recentemente o André anunciou
sua saída e a estréia do novo batera será em Abril, no mês de comemorações
de 2 anos da banda. O novo baterista é um camarada nosso , o Panda (nem eu
sei o nome dele hahaha).

3- Defina o que é uma banda ?
r: Não é apenas um grupo de jovens e inexperientes músicos querendo tocar em
tudo quanto é buraco e tocando em troca de qualquer coisa, nem um respeitado
grupo de veteranos músicos profissionais faturando os tubos em grandes
casas de show.
Independente do estilo e do status , cada banda é uma válvula de escape do
que cada um pensa e sente , e exprime isso pela música.
Daí a importância do conteúdo das letras, pois é muito ridículo na minha
opinião alguem cantando coisas sem sentido.
No caso, somos uma banda punk, as letras da banda são a marca registrada,
pois não fazemos apenas a música punk rock, fazemos parte do movimento punk
e passamos nossa mensagem subversiva nas letras sem nenhuma ressalva ou
cautela, pois não temos medo de críticas ou represálias pró-sistema, pois as
letras passam exatamene o que pensamos e sempre quisemos gritar. Daí a
importância de se formar uma banda: è sua própria imprensa, só fala o que vc
quer e o que vc acha que tem de ser ouvido.

4- Quais influencias da banda?
r: Já tivemos uma primeira fase mais hardcore, nosso baterista que gravou
nossa primeira demo não era punk, era thrash metal, daí aquela metralhadora
sonora de "proletário traído".Ali ouvíamos muito olho seco, dfc, wolfpack,
cólera, e unimos com alguns elementos de ska, como se pode ouvir em outras
músicas. Quando a baterista da segunda demo entrou, pisamos um pouco no
freio e experimentamos fazer algo mais "77", fórmula que deu certo e que
predominou em "proletário traído 2".Então está decidido que agora iremos
fazer mais a linha da segunda demo, algo influenciado por bandas
clássicas,como adicts, replicantes, ramones, dose brutal (influência
fortíssima), GG allin, dead kennedys, Bsb-H, excomungados e Sham 69, só pra
citar algumas...

5- O que é preciso para ter sucesso?
r: Esforço e dedicação, se bem que a gente não está nem aí pra sucesso...
Um sucesso que vale apena ter é o do respeito na cena e de um pessoal que
realmente curte e sabe curtir seu som, não aquela coisa mainstream de ser
manipulado por empresários e gravadoras que tomam posse da sua criatividade
e de ter sua música inteligente sendo apreciada por pessoas que cantam suas
letras da boca pra fora, pois interpretam a música simplesmente como uma
coisa vã como seus pensamentos e atitudes.
Após muita luta virá seu reconhecimento, mas as bandas devem ter muito
cuidado ao longo de sua trajetória, pois se você não for uma pessoa
dedicada, persistente e crente naquilo que faz, sua banda não dura nem um
ano...

6- Quais os projetos para 2006?
r: Estamos organizando junto com mais 5 bandas uma coletânea estilo "sub",
com bandas punks, daí estaremos organizando vários eventos por São Paulo
para angariar fundos para viabilizar essa coletânea, algo totalmente feito
na cooperação, totalmente independente.
DO IT YOURSELF!!!!!!!

7- Nos conte uma aventura da banda.
r: Não aconteceu grande coisa para relatarmos aqui, mas já tocamos em cada
lugar...
Uma vez tocamos em um rancho em Cidade Tiradentes.
Detalhe:Na avendida marcada no flyer estva o tal número do som, mas só
encontramos um desmanche e uma trilha de terra, pela qual seguimos.
Depois de 30 minutos mais ou menos a pé, depois de passar por currais, casas
de madeira com aqueles tiozinhos com a barba branca e chapéu de palha e
outras excentridades para um bairro da cidade mais urbana do Brasil,
chegamos ao verdadeiro lugar do som.
Ficava em frente a uma arena de vaquejada, e no palco estava escrito algo
como "Bem vindo a estação do forró".O bar estava sem torneira , estava um
calor de matar e a única fonte de água era uma bica que jorrava água com
gosto de sangue.
Tocamos pra uma platéia que era um misto de punks, tiozinhos sujos de lama e
crianças de cueca, foi um sarro, fora que a vaquejada rolava ao som de punk
rock!

8- O Rock ainda é uma filosofia de vida
ou esta manipulado pele midia ?
e como vc vê o Rock nacional?
r: Eu encaro o rock ainda como uma filosofia de vida, um estilo diferente,
pois quem curte de verdade ainda é visto como escória social e luta para o
verdadeiro rock não morrer. Mas também acho que está manipulado pela mídia,
se bem que ela não está dando muito espaço para o estilo, só resgata quando
vira moda, que é algo que anda em círculos.
Agora a molecada pira na pitty e no charlie brown, daqui a pouco serão
outras bandas, e quando uma banda se entrega para a mídia completamente,
quase sempre seu fim é decretado junto com o fim do sucesso.
Ou seja: A manipulação do rock pela mídia depende das bandas também.
Se você gosta mesmo de sua banda, a valoriza e acredita na sua arte, pense
duas vezes antes de assinar um contrato... ou tudo pode virar uma grande
MELECA!
Já o rock nacional tem seu futuro no underground, com talentos
desvalorizados do metal, punk, alternativo e alguns que seguem á risca das
raízes do rock, pois se o futuro do rock nacional depender desses emos e
charlie browns da vida, podem encomendar o caixão...

9- Onde tocaram e qual foi a reação do
publico?
r: Nunca tocamos em lugares importantes, mas vamos tocando em pequenos "rock
bars" e butecos própriamente ditos em festivais organizados pela própria
banda, conquistando e cativando um público fiel e caloroso, que vai onde nós
vamos.Isso é quando podem ir (risos).

10- Porque Pé Sujus ?
r: No bairro do Itaim paulista, (Extremo leste da cidade de São paulo) onde
a banda surgiu, há uns 10, 12 anos haviam gincanas de rua, com suas equipes
quase sempre com seus "QG's" em salões alugados e com carros para ajudar nas
competições.
Eis que um grupo de punk's e pé rapados, montam sem nenhum centavo no bolso
sua própria equipe: a equipe Pé Sujus.
Seu "QG" era um sofá abandonado num terreno baldio e as provas da gincana
eram feitos braçalmente.
E ainda conseguiram ganhar em uma edição, mas havia uma equipe formada por
playboys chamada "Metralhas" que inconformados em perder para um bando de pé
rapados sacaram seus revólveres e tiraram o título e o direito de participar
da gincana estadual da equipe Pé Sujus.
Duas tias minhas eram punk's e faziam parte da equipe, e quando eu estava
formando a banda e procurava um nome, achei-o em uma camisa velha que servia
de pano de chão.
Esse nome também é uma homenagem á velha guarda do Punk do bairro do itaim
paulista, que hoje em dia está em processo de proliferação de Skinheads.
E Pé Sujus é assim:
De que adianta ter tudo e não conseguir nada? Não temos nenhum instrumento
até hoje, mas temos respeito , consideração , duas demos gravadas e uma
participação no tributo ao excomungados.


11- Deixe alguma mensagem para quem
esta formando ou pensando
em formar uma banda de rock?
r: Se esforce, lute pra que sua banda dê certo e tenha estabilidade, lute
até as últimas consequências se você quer que sua banda exista por algum
tempo, pois muitas pedras te esperam no caminho e aí você vai ver se cai de
quatro ou levanta e chuta a pedra, mas que tropeçar você vai isso é certeza.
Cuidado com empresários, gravadoras e gente oportunista que só quer se dar
bem as custas do seu esforço, e no começo não deixe a banda em primeiro
plano, pois você ainda não é reconhecido o suficiente pra viver de música...
Sou meio suspeito pra falar isso pois estou nessa de bandas há apenas 2 anos
e vou me foder muito ainda nessa trajetória, mas dois anos é o suficiente
para você ter e passar aos outros suas experiências, por menores que sejam.


12- Reconsiderações finai?
r: Queria agradecer pela oportunidade de conceder essa entrevista, pois não
é todo dia que aparece uma oportunidade dessas pra uma banda de botecos que
toca no chão com aparelhagem precária!
Mas estamos aí pra isso, humildade em primeiro lugar.
Valeu Fernando!
Já pro pessoal que está lendo:
Se cuida!!!!!
Paz e anarquia!!
Abração do Feio em nome de toda família Pé Sujus!



Website ...
http://www.pesujus77.democlub.com/
(Release, Influencias, Mp3 e mais...)

Contato ...
(0xx11) 6562 - 0561 ou 9721 - 3840 (Fernando )
(0xx11)6568 - 8110 (Diego César )
(0xx11)6514 - 1977 (André)
(0xx11)9460 - 4030 (Alcides)
E-mail ...
fernando_sub@hotmail.com
antiiurd@gmail.com


Comunidades ...
Orkut:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm%72784

Featured Post

Troca de Acordes G - C

#Recupere o #tempo #perdido : Venha estudar a troca do #Acorde de G para o C  ou treinar sua melodia no #tom de G/Em