Sunday, October 23, 2016

🎼🎵🎵 BE’GODS Catanduva SP 🎵🎵



"Pra quem não sabe, a palavra “feeling”, do inglês, pode ter uma tradução muito específica quando se trata de música. Além de “sentimento”, ela demonstra “energia”, “pegada”, “intensidade”, “coração”, “explosão”... e a banda catanduvense BE’GODS tem feeling!
Idealizada já há um tempo, e atualmente com uma formação vulcânica, capaz de incendiar qualquer espaço, conta hoje com vocais, guitarra e violão do incrível Deh Mendonça, guitarra solo com a potência de Thales Cerosi, baixo explodindo com Fernando "Paladino", Carlos Sousa mandando ver nos teclados, e a bateria pulsando com Gutão. A união desses caras explode em um rock n’roll de primeiríssima qualidade, com versões e releituras de clássicos muito bem orquestradas, que passam por The DOORS, AC/DC, THE WHO, MICHAEL JACKSON, 4 NON BLONDES, OINGO BOINGO, indo até NEIL YOUNG, PINK FLOYD, JIMI HENDRIX, STEPPENWOLF, THIN LIZZY, JANIS JOPLIN, AEROSMITH,PEARL JAM, R. E. M. e muito mais. Tudo isso, sem perder o elemento original que representa a pegada e a influência dos caras, que, de verdade, não dá pra explicar... tem que sentir!
E os caras não param por aí não! Ainda organizam eventos e incentivam outras bandas, fortalecendo a cena musical regional! Então, quando você passar por um outdoor, quando alguém gentilmente lhe oferecer um flyer ou quando receber um convite virtual para um evento que estiver escrito o nome BE’GODS, não perca!
Com certeza, você vai voltar pra sua casa com a sensação do dever do rock n’roll cumprida! Com certeza, será tomado por esse feeling! Valerá a pena!"
Laura Oliveira



SZ: Qual é a formação atual ?
r : Na bateria: Augusto "Gutão" Souza
Nos teclados: Carlos "Carlão" Sousa
No baixo: F. Paladino
Na guitarra: Thales Cerosi
Violão e voz principal: Deh Mendonça

SZ: Quem já tocou na banda e porque saiu ?
r : A banda tem quase nove anos de estrada. A primeira formação se deu por acaso, no antigo Laranja Doce, um pub de Catanduva, quando bebíamos num dia de pouco movimento. Na mesa, estavam integrantes da banda Rancho 69, Lighter, e Fish Food. FJ Garisto era o dono do lugar, e nos convidou para uma jam, q aconteceu no dia seguinte. E, sob rótulos de nossas antigas bandas, nos apresentamos juntos pela primeira vez. Passamos a ensaiar juntos, e a BE'GODS estava fundada.
  Na época, éramos Orlando Gonelli na bateria, Thiago Ruzon nos teclados e guitarra, Dusão Gonelli no baixo, Thales Cerosi na guitarra, e eu no vocal. Dois integrantes, os irmãos Gonelli, foram estudar fora, e a banda passou a contar também com Victor Ferreira, que revezava a posse das baquetas com O. Gonelli. Nessas ocasiões, Dusão costumava estar presente para empunhar o baixo. Quando não, Thiago Ruzon fazia a vez, se virando entre o baixo, teclado e guitarra.
  Victor passou a vir para o Brasil cada vez menos, então tínhamos três (3) integrantes morando muito longe, o que fez a BE'GODS passar por um hiato de cerca de dois ou três anos.
  No fim de 2014, começamos a procurar baterista e baixista. Igor Rael assumiu as baquetas, e Fernando (Paladino) o baixo. Não foi uma tarefa muito fácil, e gerou muito estresse. No meio disso tudo, T. Cerosi e eu, nos desentendemos com Ruzon, e a banda quase acabou, de vez.
  Com Thales Cerosi na guitarra, Paladino no baixo, Carlão nos teclados, Igor Rael na batera e Deh Mendonça no violão e vocal, a banda se apresentou,  pela primeira vez dessa nova fase, em julho de 2015, no palco do SESC.
Essa formação durou por meses, e foi crescendo. Alguns contratempos novamente aconteceram, questões técnicas em relação ao futuro da BE'GODS, então Augusto Souza assumiu as baquetas, e está conosco até o presente momento.
  A BE'GODS segue firme e forte, com projetos ambiciosos.

SZ: Quais as influencias de cada integrante ?
r: Gutão tem influências mais específicas, ligadas ao erudito e progressivo. O restante da banda passeia entre todas a vertentes do rock, pop, além de outros estilos não muito convencionais ao rock n roll life style.

SZ: Qual a maior influencia da banda apenas uma?
r: Impossível responder esta pergunta.

SZ: Defina o que é uma banda ?
r: Trabalho, muito trabalho.

SZ: Como se sustenta a banda no mercado nacional?
R: A BE'GODS, especificamente, se sustenta com shows. Estamos num momento muito bom, e queremos mais. Seguimos a cartilha de Humberto Guessinger, que diz "a propaganda é a arma do negócio". Competência também é necessário.

SZ: Comente a cena independente do Brasil?
r: Olha... tem abutres em todo lugar, e no underground não é diferente. Muitas bandas se lascam, por investirem mal e sem direcionamento.

SZ: Como será o mercado musical daqui a 10 anos?
r : Daqui à 10 anos, talvez eu saiba.

SZ: O que é preciso para ter sucesso?
r: sucesso = [trabalho(10% talento + 90% sorte)]

SZ: Quais os projetos para 2017?
r: Em 2017, lançaremos um documentário que já está em produção, mas os detalhes ainda são secretos. Também vamos nos lançar no mercado de autorais, tampo que também já está em produção. Fora isso, é tocar muito, até sangrar.

SZ: O Rock ainda é uma filosofia de vida ou está manipulado pela mídia? Como você vê o Rock nacional?
r: Tem o rock estilo de vida, e o pop rock nacional borocoxô q a mídia nos vende. Sempre será um estilo de vida para pessoas como eu. Sem denegrir o pop, já que está diretamente ligado ao nosso trabalho. Porém, o pop deve ser usado apenas para aumentar o alcance de vendas, e não como tem sido empregado por aí, empobrecendo a música.

SZ: Qual o futuro do Rock?
r: Impossível responder também. O rock não morreu, mas talvez esteja falido no futuro. Acredito em ciclos.

SZ: Onde tocaram e qual foi a reação do publico?
r: Em quase nove anos foram muitas apresentações, incontáveis, e sempre fomos muito bem recebidos pelo público. Recentemente, tivemos nosso maior público no Rock Fest II, sei lá... mil e tantas pessoas pulando freneticamente.

SZ: Porque (coloque o nome da sua banda)?
r: É um trocadilho, não tem um motivo especial. A banda foi batizada pelo Ruzon. Usamos bigodes pelo trocadilho, e a tradução do nome para o português é "sejam deuses". Mas aqui ninguém é deus, apenas músicos dedicados e com uma meta em comum.

SZ: Deixe alguma mensagem para quem esta formando ou pensando em formar uma banda de rock?
r: Ensaiar é importante, mas uma banda de rock é como um casamento, então beber e jogar conversa fora tem efeito mais positivo que os ensaios.

Segunda parte:

SZ: Considerações finais .
r: Queremos agradecer ao público por estar sempre agitando pra caralho, e dizer que a BE'GODS não vai parar tão cedo.
  Acompanhem nossa agenda pelo facebook.com/begods.official
  Temos um canal no YouTube, onde postamos takes dos nossos shows. O endereço é

https://www.facebook.com/begods.official/

https://www.facebook.com/fernandoguitarbass/videos/vb.748367217/10153953390617218/?type=3&theater

https://www.youtube.com/channel/UCFS0adAEiOYnP3yQmOAfNPg

  Obrigado galera! Aqui é BE'GODS!

https://www.facebook.com/fernandoguitarbass/videos/vb.748367217/10153953390617218/?type=3&theater









































youtube.com/channel/UCFS0adAEiOYnP3yQmOAfNPg

  Obrigado galera! Aqui é BE'GODS!


Featured Post

Cáscara Sagrada Activity Statistics

Banda Cáscara Sagrada ...